terça-feira, 31 de julho de 2012

TED x LAÇADOR - ATILIO ALENCAR

ATENÇÃO COM A SEGURANÇA DA ESCOLA DE SEU FILHO ...

Artigo sobre Segurança Escolar – Volta às Aulas  Agosto 2012

Operação Volta às Aulas

Quais são os fatores que determinam a escolha de uma instituição de ensino para a educação de nossos filhos? São inúmeros fatores, dentre eles estão,  o projeto pedagógico, a formação e qualificação dos professores, a tradição, a qualidade das instalações físicas e de atividades complementares, a localização, preço das mensalidades  e com certeza a Segurança e Infraestrutura oferecida às pessoas que participam  do processo  educacional.
Devemos saber qual é o critério de contratação de professores e colaboradores, qual o número de alunos por sala, existe laboratório de informática, quadra e biblioteca, a cantina oferece alimentos saudáveis, a escola segue as  leis de acessibilidade, e como é feita a segurança patrimonial, do trabalho, das informações e segurança dos alunos ?
Não existe escola perfeita, mas neste início de semestre , quando visitamos diversos colégios em nossas grandes cidades devemos atentar para a estrutura proporcionada pela escola que garanta a segurança física e pessoal de nossos filhos, devemos inicialmente saber quem é o responsável pela segurança da escola e saber de sua formação e capacitação, existe um projeto de segurança , plano de segurança e análise de riscos? Os componentes da segurança escolar são treinados para as suas funções de segurança amigável ? Como eles comunicam-se entre si, há rádio comunicação , celulares e Nextel ?  Os pais são fundamentais no processo de efetivação de um bom  modelo de segurança educacional, a fiscalização de todos determinará a diminuição de perigos e dos riscos envolvidos.
Ao chegar na Escola você deve verificar como é o sistema de controle de acesso e identificação e se a região onde a escola é localizada é violenta ou não. Muitas vezes os crimes e   delitos são diários e o trânsito trará riscos aos seus filhos, verifique a quantidade de bares e lanchonetes no entorno e a presença de ambulantes. Atualmente na cidade de São Paulo está em vigor a lei número 14.492  da Área Escolar de Segurança   que obriga a Prefeitura a realizar um conjunto de ações preventivas em parceria com a comunidade escolar, para melhorar a segurança das escolas . A Polícia Militar do Estado de São Paulo possui os Programas de Ronda Escolar e PROERD e a GCM tem patrulhamento eficiente para as escolas municipais. A segurança escolar é assunto importante que deve ser tratado com professores, pais,  alunos e especialistas em educação e segurança para que possamos reduzir o número de ocorrências , a violência e o crime em São Paulo e região.
Outro aspecto importante a verificar é o denominado escudo escolar, veja o estado dos portões da escola, se existem alarmes, verifique se há câmeras de vigilância e monitoramento nos locais adequados, e é muito importante verificar se os equipamentos de prevenção e combate a incêndios foram inspecionados pelos Bombeiros e se a prevenção de acidentes é uma cultura da escola, fale com o técnico de segurança da instituição. Muitos acidentes ocorrem na região de quadras, piscinas  e laboratórios de física e química e estes locais devem ter normas específicas de funcionamento.
Verifique como é contratado o Transporte Escolar, se está regularizado e se  a documentação dos condutores e do veículo estão em dia, alguns colégios de São Paulo possuem veículos rastreados por satélite e equipes especializadas neste serviço.
Creio que estes pequenos lembretes podem fazer com que seu início de semestre letivo seja mais tranquilo, pois nossa atenção e dos professores  deve estar voltada à melhor maneira de educar os filhos. A parceria com a escola  é uma aliança para que a educação escolar complemente a educação familiar.

Bom segundo semestre a todos, segurança é  a prioridade .

Autor Ulisses Nascimento – Consultor  de Segurança Educacional


PALAVRAS DA PROFA PATY FONTE DO RIO DE JANEIRO

EXTREME TOURS NA USP - PRATIQUE ESPORTES !

sábado, 14 de julho de 2012

SEBRAE PRÊMIO MULHER DE NEGÓCIOS

HERÓI PELO MAESTRO JOÃO CARLOS MARTINS

MEETING ABC DE GESTÃO EMPRESARIAL

Meeting ABC de Gestão Empresarial com inscrições abertas


Participantes que se inscreverem entre 01/07 e 31/08 terão desconto de 10% no valor do investimento. Também há desconto para grupos de dez participantes
O Inapem, empresa especializada em capacitação profissional e eventos voltados a gestores corporativos, anuncia que estão abertas as inscrições para o Meeting ABC de Gestão Empresarial, que acontece no dia 8 de novembro, das 14h às 20h, no Buffet Samyr, altura do 3.200 da Av. Goiás, em São Caetano, no ABC paulista. O evento contará com as palestras de José Luiz Tejon, cujo tema apresentado será ?A Grande Virada: O Desafio Empresarial num Mundo de Turbulência?, e Paulo Rabello de Castro, que abordará o ?Cenário Econômico Nacional e Internacional para 2013 “Perspectivas”. Os participantes que se inscreverem entre 01/07 e 31/08 terão desconto de 10% no valor total de investimento, além dos descontos concedidos para grupos.
O Meeting ABC de Gestão Empresarial está na segunda edição e é realizado anualmente pelo Inapem. No ano passado, o evento contou com aproximadamente 200 participantes que puderam acompanhar as palestras de Ricardo Amorim e Waldez Ludwig. ?A ideia é tornar este um evento tradicional na região do ABC paulista, que ainda é uma das principais regiões industriais do País e também se transformou em território fértil de empresas prestadoras de serviços. Queremos levar aos executivos e empresários as opiniões e conhecimentos dos principais nomes da economia nacional?, considera o diretor do Inapem, Roberto Fanani.
As inscrições devem ser feitas preferencialmente pelo site do evento: [www.meetingabc.com.br]. Outras informações sobre o evento também estão disponíveis no site do Inapem:[ www.inapem.com.br]. O evento tem o apoio de ASPR Auditoria, Peixoto e Cury Advogados, Albatroz Assessoria Contábil, Atlanta Contábil Ltda., Contek Organização Contábil e ACISCS.
O Inapem -Empresa especializada em capacitação profissional e eventos voltados a gestores corporativos, o Inapem oferece cursos periódicos com destaque para as áreas contábil e tributária. A empresa conta ainda com programas voltados para técnicas de vendas, marketing pessoal e atendimento a clientes.
Entre os principais eventos realizados pela empresa está o Meeting ABC de Gestão Empresarial, que acontece anualmente em uma das sete cidades que compõem a região do ABC paulista. Em 2012, o evento acontece em São Caetano, no Buffet Samyr, altura do 3.200 da AV. Goiás, mesmo local do ano passado . As inscrições podem ser feitas pelo site [www.meetingabc.com.br]. Outras informações sobre os cursos do Inapem estão disponíveis no [www.inapem.com.br].

CONHEÇA A CONSULTORIA JÚNIOR

quarta-feira, 11 de julho de 2012

PASSOS PARA ATINGIR SEUS OBJETIVOS

NOTÍCIA : MOTIVAÇÃO

8 passos para atingir seus objetivos

10/07/2012

A sua lista de afazeres está muito complexa? A sua saída pode estar em algo chamado "urgência construtiva. Confira 8 passos para realizar todas as tarefas do dia

Como bem disse uma vez Thomas Edison, "o descontentamento é a primeira necessidade do progresso". Nosso impacto e sucesso no mundo dependem de uma simples definição de urgência, que se divide em 3 tipos:


Complacência: você não esforça porque pensa que as coisas estão bem.

Urgência destrutiva: você está estressado, preocupado, sabe que as coisas precisam mudar mas não age. Só perde tempo refletindo sobre elas.

Urgência construtiva: você passa por sentimentos de propósito e direção. Não é algo que de te põe para baixo, mas faz com que você aja e produza sucesso.

Confira como sempre estar no estado de urgência construtiva:

8 passos para realizar todas as tarefas do dia - 1. Oriente-se

Às vezes, as nossas estratégias nem sempre são as mais eficazes ou recomendáveis. Não adianta persistir em algo se este caminho não for o correto. Esta situação deixará você na chamada urgência destrutiva, pensando, pensando, pensado e nunca agindo. Portanto, oriente-se; siga pelo caminho correto. Você verá que terá muito mais vontade de realizar algo se souber que está no caminho correto.

8 passos para realizar todas as tarefas do dia - 2. Pinte um novo futuro

Agora você decidiu qual a melhor forma de atacar o seu objetivo, faça planos e projetos de como serão as suas novas tarefas. É realmente como pintar um novo futuro numa tela branca.
  
8 passos para realizar todas as tarefas do dia - 3. Crie significado
A lógica não move as pessoas, quem faz isso são as emoções. Para construir comprometimento, você precisa criar significado para o seu objetivo diante do seu time.

 8 passos para realizar todas as tarefas do dia - 4. Conceito estratégico
Uma vez que a batalha começa, os planos normalmente caem por terra. Portanto, crie um conceito estratégico que se aplique a todas as ações que vocês vão tomar.

8 passos para realizar todas as tarefas do dia - 5. Cuidado com os céticos

Seu sucesso, inevitavelmente, fará com que apareçam pessoas que duvidem dele e de você. Eles são os céticos, as pessoas do contra. Por isso, tente sempre ter provas e mostrar não só para você, mas para os outros que você está sucedendo.
  

8 passos para realizar todas as tarefas do dia - 6. Direto ao ponto

Tome cuidado com as burocracias. Não deixe que elas parem, nem atrasem você. Ataque o objetivo e o problema pelo centro dele e, em seguida, resolva os entraves menores. Tire todos os empecilhos da sua frente para que você possa correr com mais velocidade.

 8 passos para realizar todas as tarefas do dia - 7. Produza resultados
Esforços de mudanças bem-sucedidos produzem sucesso com maior rapidez. Portanto, produza resultados logo. Para que você e os outros se sintam motivados pelo sucesso e trabalhem ainda melhor.
  

8 passos para realizar todas as tarefas do dia - 8. Explique rapidez

Não só para os outros, mas para si próprio, é necessário entender a rapidez do nosso mundo. É como se estivéssemos todos em um trem-bala. Se não agarrarmos, ficaremos para trás. Leve isso em conta e explique aos seus clientes, funcionários, investidores. Não fale somente do que você está fazendo, sem antes mencionar quão rápido o mundo está mudando.

sábado, 7 de julho de 2012

Comunicação Interna - Liderança: Fuga das Galinhas

O LÍDER CARISMÁTICO - JAY A. CONGER

Líder Carismático

fuga-das-galinhas-poster07tEm seu livro, Líder Carismático – O segredo da liderança, Jay  Conger  fala sobre os comportamentos que distinguem os líderes carismáticos. Ele classifica o conjunto de comportamentos em 4 etapas, são elas:
1ª ETAPA: Detectar oportunidades inexploradas e deficiências na atual situação; Alta sensibilidade para as necessidades dos participantes; e Formular uma visão estratégica idealizada.
2ª ETAPA:  Comunicar a visão; Mostrar o situação atual como inaceitável e a visão como a alternativa mais atraente; e Articular a motivação para conduzir seguidores.
3ª ETAPA: Gerar confiança através do sucesso, pericia, riscos corridos pessoalmente, sacrifício pessoal e comportamento não-convencional
4ª ETAPA: Demonstrar os meios de realizar a visão dando o exemplo, incluindo senso de poder e usando táticas não-convencionais
Ginger é a personagem principal do filme A Fuga das Galinhas, sem dúvidas, é uma líder carismática. Ela é comunicativa, conquista a confiança de seus liderados e os empolgam com sua visão. Ela mantém os colaboradores motivados e faz com que todos trabalhem em equipe, atingindo assim a meta.
Filme: A Fuga das Galinhas (Chicken Run)
Ano: 2000
Gênero: Animação

sexta-feira, 6 de julho de 2012

SEMANA DO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL - SEBRAE

SEMANA DO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL - SEBRAE

Sebrae promove Semana do Empreendedor Individual

Quarta edição de evento será realizada até sábado (07), em todas as capitais e em mais de 200 municípios

Tatiana Alarcon

Brasília – Começa nesta segunda-feira (02), em todo o país, a 4ª Semana do Empreendedor Individual (EI). Promovida pelo Sebrae, a mobilização nacional vai capacitar os profissionais já formalizados e incentivar os trabalhadores por conta própria a sair da informalidade. O objetivo do evento, que vai até sábado (07), é contribuir para o desenvolvimento e a sustentabilidade desses negócios.
“Já são mais de 2,5 milhões de Empreendedores Individuais formalizados no Brasil, em apenas três anos. Mas a formalização é apenas o primeiro passo, o foco do Sebrae é capacitar a gestão desses negócios para que eles possam se desenvolver”, afirma o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.
Durante a mobilização, o Sebrae atenderá aos empreendedores em tendas instaladas em locais públicos de grande circulação em todas as capitais e em algumas cidades do interior. Nas tendas, os empreendedores receberão orientações sobre como se formalizar e poderão participar de cursos e palestras.
Haverá espaço também para atender ao EI formalizado, com orientações relacionadas à gestão dos negócios e oportunidades de crédito. A capacitação desse público, por meio das Oficinas Sebrae Empreendedor Individual  (SEI), conjunto de soluções em gestão e fortalecimento dos negócios voltado para a categoria, estão previstas a partir deste período.
De acordo com a gerente de Atendimento Individual do Sebrae, Jaqueline Almeida, ao todo serão 277 pontos de atendimento e cerca de 300 oficinas do programa SEI. “O EI é uma figura jurídica muito importante para o país. O fato de estar no mercado de forma legal aumenta as chances de crescer e prosperar. O pequeno negócio de hoje pode se tornar uma grande empresa amanhã”, disse.
Na programação do evento estão previstos ainda o atendimento e a orientação com foco diferenciado para os EI que são também beneficiários do programa do governo federal Bolsa Família. São informações sobre as melhores práticas para evitar a inadimplência, como pagamento de taxas e preenchimento de declaração anual, divulgação de oportunidades de crédito, e divulgação do programa Negócio a Negócio. A meta é formalizar 67,9 mil novos EI e atender a 59,4 mil empreendedores registrados.
Após a Semana do EI, o Sebrae lança em Brasília a modalidade virtual do SEI. O projeto será lançado nas modalidades: cartilha impressa e em formato áudio-livro, capacitação via mensagens de celular (SMS) e pela internet. O objetivo é ampliar o uso do SEI pelos clientes que não têm condição de participar presencialmente ou que preferem a flexibilidade de horário do estudo a distância. 

Outras edições
Na primeira edição do evento, realizada apenas nas capitais brasileiras, em outubro de 2010, foram registradas 46,5 mil formalizações. A segunda edição aconteceu em novembro do mesmo ano nas cidades do interior e formalizou 28,8 mil empreendedores. Na terceira semana, realizada de 27 de junho a 2 de julho de 2011, foram formalizados 47,4 novos empreendedores individuais.
 
Serviço:
Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243-7852/ 2107- 9104/ 3243-7851/ 9977-9529
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebrae
www.facebook.com/sebrae
 

quarta-feira, 4 de julho de 2012

GOVERNANÇA TRIBUTÁRIA

Análise: Governança tributária é imprescindível

Devido à relevante participação dos tributos nos negócios, é indispensável que a alta administração tenha políticas de controles sobre todos os processos e procedimentos operacionais



Por Roberto Cunha, www.administradores.com.br
A governança tributária é parte indispensável da governança corporativa, seguindo seus mesmos pilares, tais como moralidade, ética, legalidade e compliance, reputação da empresa e de seus administradores, assim como a manutenção de sua lucratividade. E para que isso se desenvolva em padrões de excelência, devem ser instituídas políticas de gestão dos tributos que atendam a esses objetivos, e com a devida supervisão técnica. Assim, uma companhia com essas visões e práticas sempre terá o foco na transparência, aos acionistas e ao mercado, das informações relacionadas aos assuntos tributários oriundos de suas atividades.
Na prática, a governança tributária representa o conjunto de procedimentos de gestão empresarial arraigados nas empresas de modo que se possa coordenar, instituir e regular controles e revisão dos procedimentos tributários, de maneira que resulte na mitigação ou, preferivelmente, na eliminação de riscos fiscais e os efeitos nos seus negócios, preços e resultados. Tudo isso consentâneo com a política de governança corporativa com viés para a tributação.
A governança tributária, por sua forma, visa também que os gestores da área tenham participação adequada nas decisões de assuntos tributários e empresariais, pois, devido a nosso complexo sistema fiscal e à alta carga de impostos, contribuições e taxas, há grande influência desses custos sobre as políticas relativas à formação de preços de produtos e serviços. Dada essa relevante participação, a existência desse instrumento de gestão torna-se vital à eficiente e eficaz gestão empresarial, que aqui pode ser denominada, uma vez mais, de governança corporativa, da qual a boa gestão tributária é parte indispensável.
Devido à relevante participação dos tributos nos negócios, é indispensável que a alta administração tenha políticas de controles sobre todos os processos e procedimentos operacionais. Como esse mecanismo de gestão é relativamente novo, seu sucesso depende do grau de mudança de mentalidade dos profissionais envolvidos em vários departamentos da organização, que, de maneira direta ou indireta, afetam o nível de tributação.
Angariar o envolvimento das pessoas e de seus respectivos departamentos, assim como demonstrar a elas os efeitos da tributação nos negócios e como cada um pode ajudar nesse processo, é o ponto central do sucesso. Para isso, a administração poderá instituir: treinamentos regulares específicos sobre tributação a todos os profissionais, e aqui, por mais absurdo que possa parecer, também aos profissionais do setor industrial e comercial – eles não percebem, mas em tudo em que eles operem e atuam há tributação; um manual de procedimentos e rotinas; realizar auditoria fiscal periódica; e formar um Comitê de Impostos para discutir a carga tributária nos negócios, planejamento, aspectos mercadológicos correspondentes etc. A partir dessas formas de acompanhamento, e tudo devidamente formalizado, o resultado será a geração de conhecimento pela alta administração sobre os riscos e a forma de mitigá-los e afastar possíveis problemas de imagem com o mercado, clientes, fornecedores, instituições financeiras, Fisco e outros.
Esses procedimentos são mais comuns em grandes empresas. Todavia, nesta era digital, em que estamos em constante aperfeiçoamento, esses efeitos tenderão a afetar as empresas de pequeno e médio portes, em decorrência das inúmeras informações que o projeto SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) vem requerendo em seu leiaute, e de todos os compartilhamentos promovidos com os Estados. Assim, é imprescindível que qualquer informação que se envie aos Fiscos seja auditada antes do encaminhamento, como parte do processo de governança tributária.
A instituição de fato da governança tributária, pela forma de sua operação, contribuirá para mitigar fraudes e ampliar a transparência dos processos da empresa, pela simples existência de processos e procedimentos de monitoramento dos assuntos tributários aplicáveis à organização, a sua operação, assim como o seu relacionamento comercial, pois em nossa legislação temos a responsabilidade solidária, cujo instituto atribui ao comprador os compromissos sobre tributos cuja obrigação era do fornecedor.
Nesse momento, o processo de auditoria fiscal, que passa inclusive pelo cadastro de produtos, fornecedores e clientes, torna-se vital para a correta gestão tributária. Não existindo esses procedimentos, esse processo pode estar comprometido, gerando enormes dissabores em qualquer momento dentro dos próximos cinco anos.
É certo que sem uma adequada governança tributária ficará comprometida qualquer tentativa de uma empresa valorizar sua governança corporativa. Afinal, pensar na interdependência de ambas é fator essencial para o reconhecimento público da qualidade de gestão das empresas.

Roberto Cunha é sócio da Prática de Impostos Indiretos & Aduaneiros da KPMG no Brasil

CONGRESSO MARISTA DE EDUCAÇÃO 2012 - SÃO PAULO



terça-feira, 3 de julho de 2012

ENTRE NO JOGO E JOGUE PARA GANHAR


O primeiro passo requer mais de 90% de energia... Entre no jogo e jogue 

para ganhar! Olhe para a frente, decida e siga

HILÁRIO TRIGO COACHING


segunda-feira, 2 de julho de 2012

ECONOMIA BRASILEIRA

Para Fiesp, medidas são positivas mas 'insuficientes'

Agência Estado

ECONOMIA 

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) considera positivas as medidas de estímulo à economia, anunciadas pelo governo nesta quarta-feira, mas "insuficientes frente à necessidade de reanimar a economia brasileira".
A entidade afirmou, em nota divulgada à imprensa, que o Brasil precisa recuperar a sua competitividade por meio de medidas adicionais que reduzam os custos de produção no País. "São necessárias ações efetivas que reduzam a carga tributária, diminuam o custo da energia elétrica e do gás, melhorem a infraestrutura e a logística e eliminem o excesso de burocracia."
A Fiesp elogiou o corte na Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), de 6% ao ano para 5,5% ao ano, para aliviar as despesas financeiras e incentivar novas operações junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
A federação mencionou ainda que os gastos de R$ 8,4 bilhões em compras governamentais para estimular a economia brasileira terão ainda de passar por processo de licitação. Para a Fiesp, esse processo não deixa tempo hábil para aplacar os efeitos do baixo crescimento econômico. "Além disso, corre-se o risco de parte dessas aquisições virar importação, uma vez que a margem de preferência (conteúdo nacional) não parece suficientemente definida."
No curto prazo, o presidente da entidade, Paulo Skaf, que assina a nota, pede alongamento de prazos de recolhimento de impostos federais e estaduais. "Dessa forma, haveria mais liquidez para todas as empresas e isso estimularia a economia como um todo."

RADAR DE NEGÓCIOS - FAÇA ACONTECER NO SEGUNDO SEMESTRE

EMPRESÁRIOS FORTALEÇAM A SUA FÉ - ACREDITE SEMPRE !